sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2013

Os 100 mais ricos do mundo ganharam em 2012 o suficiente para acabar 4 vezes com a pobreza global

Campo de Dadaab, Somália
As 100 pessoas mais ricas do mundo ganharam um total impressionante de US $ 240 biliões em 2012 - dinheiro suficiente para acabar com a pobreza extrema em todo o mundo quatro vezes, revelou a Oxfam, acrescentando que a crise económica global está enriquecer ainda mais os super-ricos. "O 1 por cento dos multimilionários aumentou o seu lucro em 60 por cento nos últimos 20 anos, com a crise financeira, em vez de desacelerar o processo, provocou a acelração", enquanto que a renda dos 0,01 por cento mega-milionários tem visto a assistir um crescimento ainda maior,refere um novo relatório da Oxfam . Por exemplo, o mercado de bens de luxo tem visto um crescimento de dois dígitos a cada ano desde a crise atingiu, afirma o relatório. E enquanto o mundo 100 pessoas mais ricas ganharam US $ 240. 000 milhões ano passado, as pessoas em "extrema pobreza" vivia com menos de US $ 1,25 por dia. A Oxfam é uma organização internacional líder na filantropia. No seu novo relatório, "O Custo da Desigualdade: Como Extremos de riqueza e lucro nos fere todos", argumenta que a extrema concentração de riqueza na verdade, atrapalha a capacidade do mundo para reduzir a pobreza. O relatório foi publicado antes do Fórum Económico Mundial em Davos, e apela aos líderes mundiais para "acabar com a extrema riqueza em 2025, e reverter o rápido aumento da desigualdade que se tem verificado na maioria dos países nos últimos 20 anos." O Relatório da Oxfam conclui que a extrema riqueza não é ético,é divisionista, economicamente ineficiente, politicamente corrosivo, socialmente e ambientalmente destrutivo. [Notícia completa aqui]

Enviar um comentário

Gostou? Compartilhe: