sexta-feira, 30 de maio de 2008

Ecoarte de Chris Jordan


Podemos consumir menos e preservar o ambiente. A arte de Chris Jordan e os conceitos nela aplicados são o espelho disso. Antes de usar compulsivamente o telemóvel, esteja informado dos seus riscos, do seu impacte ambiental e custos.
Vale a pena relembrar uma postagem do Bioterra de Junho de 2005




quinta-feira, 29 de maio de 2008

Dia Mundial da Energia - petição internacional para uso de carregador de bateria universal dos telemóveis

Texto da petição:



Considerando que
1. Os sistemas GSM (GSM Association) e UMTS/3GSM (3GPP) - que regem os nossos telemóveis – foram especificados e desenvolvidos por programas da União Europeia;

2. A União Europeia tem assumido um compromisso sério com o Ambiente em face do processo de alterações climáticas;
3. Os operadores de redes celulares dependem de licenças públicas dos estados-membros para exercer a sua actividade que inclui a revenda de telemóveis,
4. Com a frequente troca de telemóveis, muitos milhões de velhos carregadores - embora operacionais - vão-se acumulando nos lares europeus;

Os abaixo assinados requerem que sejam introduzidas as necessárias emendas às normas no sentido de, para futuro, a atribuição dos selos GSM compliant / UMTS compliant aos aparelhos terminais fique dependente da adopção de um padrão universal para o carregador de bateria, definindo o tipo de conector CC, o valor da tensão contínua e a máxima corrente de carga. Os cidadãos europeus igualmente exigem o reforço da segurança e privacidade das comunicações, da acessibilidade para deficientes e disponibilidade de menus em línguas minoritárias.

Assine e divulgue a petição


segunda-feira, 26 de maio de 2008

Terra Alerta - Reportagem Bicicletas na Cidade de Lisboa


Sobre o Terra Alerta
Terra Alerta é um espaço de reportagem televisiva que conta, a partir de agora, com um sítio onde se podem ler os artigos e visionar os vídeos. Este blog mantém-se, mas passa a ter notas mais pessoais. No Ano Internacional do Planeta Terra, continuamos a alertar para as ameaças e oportunidades da chamada crise global do ambiente, com os pés assentes na realidade portuguesa. [Ler mais no blogue Terra Alerta]

Sobre o Investigador
P. Guerra dos Santos tem um blogue 100 dias de bicicleta na cidade de Lisboa onde pode comentar e ver a evolução da sua excelente iniciativa.

Sobre o aumento dos preços dos combustíveis
Os governos fazem bem em manter os impostos. Vivemos 30 anos de correcções de riscos na compra / venda do ouro negro. Um terço dos gastos é destinado aos transportes e foi feita uma política de almofada consumista em apoios à compra do automóvel em detrimento dos transportes públicos.

Em Portugal,
além da crise energética temos a crise financeira, que catapultou o preço final ao consumidor.O Governo deve sim ouvir e sentar-se à mesa com os diversos actores sociais e a meu ver o caminho será na aposta concreta de soluções inovadoras, mais limpas, dando espaço de crescimento do mercado aos meios de transportes independentes do petróleo.

Entretanto o comportamento individual deve mesmo mudar e apostar-se mais na conservação da energia e
criar espaços nas cidades que rompa com o status quo do automóvel. As alternativas de mobilidade são muitas e há muito tempo reclamadas: ciclovias, transportes públicos mais amigos do ambiente, incentivo ao comércio local e empregos mais próximo da residência (ou vice-versa).

Um conjunto de medidas mais saudáveis (menos emissões, menos ruído, menos stress), maior segurança rodoviária ( e daí menos gastos na saúde e trabalho...) e, sem dúvida, mais sustentáveis.

Sobre esta matéria, relembro uma postagem muito oportuna no Bioterra de 2006, O fim dos subúrbios (The End of Suburbia).


sexta-feira, 23 de maio de 2008

Plant Communication from Biosemiotic Perspective


As in all organisms, the evolution, development and growth of plants depends on the success of complex communication processes. These communication processes are primarily sign mediated interactions and not simply an exchange of information. They involve active coordination and active organization—conveyed by signs. A wide range of chemical substances and physical influences serve as signs.

Different abiotic or biotic influences require different behaviors. Depending on the behavior, the core set of signs common to species, families, genera and organismic kingdoms is variously produced, combined and transported. This allows entirely different communication processes to be carried out with the same types of chemical molecules.

Almost without exception, plant communication are parallel processes on multiple levels, (A) between plants and microorganisms, fungi, insects and other animals, (B) between different plant species as well as between members of the same plant species; (C), between cells and in cells of the plant organism.

Outras leituras
Plants Use Underground 'Fungal Internet' to Communicate
Do trees communicate? Watch this video to find out.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Dia Internacional para a Diversidade Biológica - Em Defesa dos Oceanos


Na sequência da minha reflexão na postagem de ontem, neste dia transcrevo integralmente passagens da campanha Liberdade para os mares: agora e no futuro do sítio da Greenpeace Portugal. aqui a mais recente denúncia das corrupções da pesca à baleia por parte do Japão, após 4 meses de investição da Greenpeace. Clica na ligação e podes conhecer relatórios e o mapa com as áreas que a Greenpeace sugere que sejam protegidas, para que os oceanos possam recuperar e voltar a um cenário de abundância e intervir, apoiando a Greenpeace nesta missão vital.
A vida marinha esteve por demasiado tempo totalmente exposta à exploração por parte de quem possuísse meios para o fazer. Os rápidos avanços tecnológicos implicaram que, actualmente, a capacidade, o alcance e a potência das embarcações e do equipamento usados para explorar a vida marinha exceda de longe a capacidade da Natureza de a preservar. Se isso não for controlado, terá amplas consequências no ambiente marinho e nas pessoas que dele dependem.
A vida nos oceanos possui um incrível conjunto de formas e dimensões – desde o plâncton microscópico até à maior das grandes baleias.
Apesar disso, muitas espécies foram levadas à extinção, ou aproximam-se dela, devido a devastadores impactos humanos.
A campanha Internacional Em Defesa dos Oceanos denuncia essas ameaças, enfrenta os culpados e promove soluções como uma rede global de parques oceânicos designados reservas marinhas.


Entra em acção para recuperar os oceanos!


quarta-feira, 21 de maio de 2008

Os políticos portugueses subestimam a biodiversidade ao arrepio dos seus eleitores


Por Henrique Pereira, investigador do Centro de Biologia Ambiental

Recentemente foi publicado um relatório do Eurostat que sugere que os Portugueses são o povo europeu mais preocupado com a perda de biodiversidade. No entanto, a questão da perda da biodiversidade continua a estar no fundo das preocupações dos nossos políticos.

Mas o que me leva a falar disto hoje (13 de Maio) é algo diferente. Estou neste momento em Nairobi no encontro da Subsidiary Body on Scientific, Technical and Technological Advice da Convençao da Diversidade Biológica. Vim apresentar os resultados do Global Biodiversity Outlook 3 (GBO3) e do relatório associado sobre cenários para a biodiversidade, do qual eu e o Miguel Araújo somos co-autores com outros cientistas. Ao olhar para a lista (disponibilizada no CD do GBO3) dos países que ainda não submeteram o 4º Relatório Nacional da Convenção da Diversidade Biológica, utilizados para fazer a aferição do objectivo de reduzir a perda de biodiversidade até 2010, encontro Portugal. É verdade que apenas 60% dos estados membros da UE entregaram já os seus relatórios, mas não deixa de ser surpreendente que no país onde 72% dos cidadãos considera a perda de biodiversidade um assunto muito sério, o nosso governo ainda não tenha submetido o seu relatório.

Fonte Ambio

terça-feira, 20 de maio de 2008

Concurso "Na Senda de Darwin"


Para comemorar os 200 anos do nascimento de Charles Darwin e os 150 da publicação do seu livro A Origem das Espécies que têm lugar em 2009, o jornal Ciência Hoje lançou, com o apoio do Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica -, um concurso dirigido aos estudantes que em Setembro de 2008 estejam no 10º, 11º e 12º anos das escolas de todo o País.
A equipa vencedora – todas as equipas serão constituídas obrigatoriamente por três elementos – terá como prémio três cruzeiros (mais um) nas Ilhas Galápagos, no Oceano Pacífico, onde Darwin passou pouco mais de um mês em 1835 e onde fez observações que foram importantes para a elaboração da sua Teoria da Evolução das Espécies. A viagem inclui ainda uma visita de alguns dias ao Equador a que as Galápagos pertencem administrativamente.
A viagem dos vencedores terá lugar nesse mesmo ano de 2009, entre 5 e 15 de Abril, e os estudantes terão de se fazer acompanhar por um(a) professor(a) por eles convidado(a) da escola a que pertencem. A viagem deste professor(a) faz parte do prémio.

Detalhes do Concurso e Formulário de Inscrição (directamente no Ciência Hoje)

Para refectir
Na época da expedição de Darwin (apenas dois séculos antes), os oceanos eram muito ricos. Há registos dessa época de navios que colidiam com manadas inteiras de baleias, tartarugas, tubarões.
Até finais dos anos 80, viam-se corais repletos de miríades de pequenos peixes coloridos, estrelas do mar e ouriços.
Hoje em dia, os oceanos estão muito vazios, repletos de lixo de plástico, os corais morrem e são substituídos por lodo viscoso.

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Documentário "CONSUMO DE CRIANÇAS" (Consuming kids-The commercialization of Childhood - 2008)


19 de Maio é o Dia Mundial Contra a Obesidade. 
Este documentário tem ENORME importância para adultos compreenderem que as crianças do mundo estão sujeitas a uma FORTE lavagem cerebral, hipnose colectiva, condicionamento pavloviano, propaganda subliminar etc, etc.
As crianças estão sendo exaustivamente  USADAS para tornarem-se robôs de consumo. Isso começou há mutos anos e o resultado é que hoje a maioria dos adultos JÁ ESTÁ com o cérebro PROGRAMADO para consumir centenas de produtos inúteis desnecessários, supérfluos e na sua maioria nocivos.
Os seres humanos estão sendo transformados em ZUMBIS, em mortos vivos, que não mais agem por livre e espontânea vontade e sim por "vírus mentais" implantados a fundo em seus cérebros pelas máquinas do MARKETING.

domingo, 18 de maio de 2008

Um estudo revela que governos pequenos são mais eficientes e a conexão com a Carta da Terra (lida por Leonardo Boff)


Carta da Terra - Leitura do Teólogo Leonardo Boff - 25 min

Ler mais sobre CARTA DA TERRA . Leonardo Boff foi o representante da América Latina na Comissão da Carta da Terra


Três físicos da Universidade Médica de Viena criaram um modelo matemático que demonstra que quanto menos ministros tem mais eficiente é um governo, confirmando a teoria do 20 como número ideal de membros de um grupo de decisão.

Num artigo publicado no ArXiv da Universidade Cornell, de Ithaca, Estados Unidos , os físicos Peter Klimek, Rudolf Hanel e Stefan Thurner apresentam os resultados da aplicação do seu modelo à composição dos governos de 197 países e territórios [Continuar a ler no Ciência Hoje]

Veja e descarregue aqui o artigo


A Carta da Terra apela a urgentes consensos e a convergência dos grupos sociais na construção de um mundo (g)local mais sustentável e livre. Sendo objectivos desejados por muitos, como transformar esta geração mais ecossolidária em tão pouco tempo? Quais os grupos sociais com maior responsabilidade? Li este artigo e fiquei a pensar no meu país, Portugal. Tratando-se de um território tão pequeno, começaríamos por reduzir o número excessivo de deputados. Creio que 100 deputados seria um número eficiente. Mais qualidade e menos quantidade.

sábado, 17 de maio de 2008

Dia Mundial das Telecomunicações: SMART Portugal 2020: A redução de emissões e o aumento da eficiência energética através das TIC


Criado há um ano e meio (Nvembro de 2008) o Relatório Smart 2020 Portugal foi divulgado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), no âmbito do Congresso das Comunicações’08. Um trabalho que resultou da iniciativa da Associação, com a colaboração do Boston Consulting Group, e que é o primeiro caso em todo o mundo de aplicação a um país em concreto do estudo global Smart 2020, da Global eSustainability Initiative (GeSI), publicado também em meados de 2009 [pdf aqui] e que quantificou o impacto actual e potencial das TIC nas emissões globais de gases com efeito de estufa (GEE). Não apenas em termos da pegada própria como do impacto potencial da aplicação massiva das TIC sobre outros sectores. O relatório português teve exactamente o mesmo objectivo. E as conclusões não foram muito diferentes. Há de facto na área da sustentabilidade ambiental uma nova potencial frente de negócios para o mundo das TIC e será com este sector que Portugal poderá cumprir os seus compromissos em termos de emissões de C02. Trabalho em conjunto, aposta na inovação, parcerias entre os vários sectores e as várias empresas, especialmente nas áreas com maior pegada de carbono. As alternativas são muitas e não há tempo a perder, pelo que o estudo sugere mesmo várias medidas a tomar neste âmbito do combate às alterações climáticas. O “call for action” da APDC está no terreno. Agora, urge obter resultados nesta área.



sexta-feira, 16 de maio de 2008

DESAFIO VERDE - Consumir sem consumir o mundo em que vivemos...

5 Coisas Simples Para Salvar o Planeta: pequeno vídeo realizado por Sam Arthur

Chegou a Portugal o DESAFIO VERDE, um programa inovador e educativo que demonstra como é possível ser amigo do ambiente sem ser extremista. Desde as minhocas da quinta, às caleiras para aproveitamento da água da chuva, desde a energia solar até às bombas de calor, a equipa do DESAFIO VERDE entra na casa dos consumidores à procura de atentados ecológicos, transforma-as num paraíso limpo e verdejante. Durante todo este processo, o maior de todos os desafios é, logicamente, educar as famílias e espectadores. [Ler mais RTP2]

O programa é apresentado pela simpática Silvia Alberto em parceria com o meu amigo Nuno Quental, Engenheiro do Ambiente , todos os domingos, na RTP2, às 21.00 e tem uma duração de aproximadamente 45 minutos.

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Pangea Day e ideias inspiradoras neste Dia Mundial da Blogosfera Unida pelos Direitos Humanos

Pangea Day (10 de Maio)

1. Projecto fabuloso!! Espero que se repita.
Obrigado,Hanah pela informação atempada.Foi lindo de se ver!!


2. Cliquem na imagem.
Muito obrigada a Aldon Hynes, do blogue Orient Lodge pela informação.






3. Ramalhete de Ligações / Links Cluster
Daily Visits (Page For Free Daily Charitable And Humanitarian Donations)
Global Ideas Bank
Anxiety Culture
The Play Ethic
Grey World
Safeguarding Endangered Languages
Institut d'Études Économiques et Sociales pour la Décroissance Soutenable com acesso à revista La Décroissance (França)
Cognitive Liberty
Political Graphics
Reporters Without Borders
Acts of Kindness

Este é o meu modesto contributo,dar a conhecer novas perspectivas, projectos que entendi torná-los ainda mais visíveis, pois não podia faltar à minha adesão a esta bonita iniciativa, apoiada também pela Amnistia Internacional.

Bloggers Unite




quarta-feira, 14 de maio de 2008

Futuro Comum e Dia Internacional do Clima




Futuro Comum é o novo programa de televisão sobre questões ambientais, uma iniciativa da Fundação Gulbenkian, através do Programa Gulbenkian Ambiente, em parceria com a RTP.
O programa é transmitido mensalmente no canal de cabo RTP-N, na última quarta-feira de cada mês, após as 23 horas, e tem uma duração de 50 minutos. A primeira emissão, a 27 de Fevereiro, teve como tema as alterações climáticas .
O programa é apresentado e conduzido pela jornalista Fernanda Freitas com debate em estúdio e reportagens.


A este propósito eis uma notícia de 7 de Maio , na Newscientist, que refere um estudo me que o degelo dos glaciares no Antárctico estão a libertar um cocktail de químicos tóxicos.
Na página do Investigador Derek Muir, referido nesse artigo, encontrei alguns sítios que merecem um destaque no BioTerra e que irão aprofundar e melhorar o Dossiês Saúde Ambiental e Água:
International Association for Sediment Water Science

Metals in the Human Environment Research Network (MITHE-RN)

International Water Association

Hoje comemora-se o Dia Internacional do Clima

terça-feira, 13 de maio de 2008

O plano imobiliário das novas escolas ou centros escolares

Li hoje esta notícia altos níveis de dióxido de carbono nas salas de aulas de 19 escolas
e embora não seja novidade, não deixo de ficar preocupado com a degradação do parque escolar público (mas no sector privado também não escapa, pois pelo que sei a qualidade dos edifícios é lamentávelmente pobre). O Governo pretende criar novos centros escolares auto-sustentáveis a nível energético, mas e quanto às escolas que já existem? E porque é que escolas que hoje estão fechadas tinham sido remodeladas no ano lectivo anterior?? Em que terrenos irão ser feitos esses centros escolares? Com que arquitectura? Eu não estou na posse dos elementos desse mundo novo do parque escolar, mas...temos que esperar por algum fenómeno catastrófico para ver a debilidade do construído nas nossas escolas (públicas/privadas)?
Podemos estar assim tão contentes e seguros com tantas crianças dentro das nossas escolas???
Ainda no campo da Educação, também, junto a minha voz de indignação ao meu colega Luís Costa, que aponta o dardo ao novo vs velho modelo de gestão das escolas.




segunda-feira, 12 de maio de 2008

Ecoogler - Vamos Salvar a Amazónia



1. Através dos meus amigos no Brasil, Gpec - Educação e Cultura, chegou-me uma notícia relevante de uma iniciativa em que todos podemos colaborar para reflorestar da Amazónia. Basta efectuarem uma busca no sítio Ecoogler e já estaremos a contribuir !!!



O Yahoo lançou um novo motor de busca, o Ecoogler, que vai contribuir para o reflorestamento de árvores e na preservação de recursos hídricos na região da Amazónia, no Brasil. A ideia é que cada busca de um utilizador contribua simbolicamente com uma folha no reflorestamento. A cada 10 mil folhas, uma árvore é plantada (de verdade) na floresta da Amazónia.
Na prática, o motor de pesquisa é igual ao do Google, com a diferença que vai estar a ajudar o planeta.
O projecto é uma parceria entre o Yahoo, que fornece a tecnologia de pesquisa, e a Aquaverde, organização sem fins lucrativos fundada na Suíça em 2002.
Na página inicial do Ecoogler, um contador mostra a contagem de folhas e árvores a serem plantadas, e de mudas que já foram plantadas.


2. Pedro Rocha tem feito um esforço louvável na área da agriculutra biológica em Gaia, chamado Projecto Raízes.
Estão muito próximo de conseguir o desejado terreno e de se prepararem para o projecto de produção, mas para isso têm de tornar o seu projecto mais sustentável (que é meu e nosso, sabendo os benefícios mais que provados da agricultura biológica). Pois, querido Amigo, fica aqui o pedido de divulgação e o meu apoio total.

Pedimos que nos apoiem na divulgação da nossa loja Raízes, que enviem para os vossos contactos um mail a falar de nós, a convidar para ir ao nosso site e para que eles também possam divulgar.Obrigado a todos.


sábado, 10 de maio de 2008

Música do BioTerra: Kraftwerk - Neon Lights


As luzes néon, a poluição visual, a arte digital, os mercados neon, luzes de acções piramidais, as luzes neonglobais, o século neon, as cidades, a piroseira, o alto-relevo de signos das novas cavernas, superfluo, desgaste, consumo, desperdício, fascínio, ofusca, retira a essência, as aparências, a neon desordem visual, o neon espectáculo!

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Redes de Educadores para a Sustentabilidade (OIE, SEED, OREALC, COI, entre outras)




Via Nocturno Com Gatos descobri mais um portal sobre Educação Ambiental, desta vez iberoamericano, mas muito relevante. Chama-se Educación para la Sostenibilidad e tem um blogue.
Da extensa listagem de ligações disponíveis por este portal da OEI (Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura) saliento as seguintes:

Seed - School Development Through Environmental Education
Unesco: OREALC: Educação e Desenvolvimento Sustentável
Educacion Sin Fronteras
Projecto Princípio de Precaução (PPP)
Instituto Terra
Comisión Oceanográfica Intergubernamental (COI)
Red española de ciudades por el clima
Alianza Europea de Ciudades por el Clima
Revista Iberoamericana de Educación, Educación y Gobernabilidad Democrática

NESTE DIA DA EUROPA:


1. Foi publicado muito recentemente uma nova ferramenta de participação cívica mais verde dentro da UE, mas de interesse global e local: o Green Public Procurement (GPP) Training Toolkit

2. Foi publicado o e-livro (881 pp - 120 MB) do importante European Meeting Point: Energy for Development 2007, que decorreu em Beja,10-12 de Outubro de 2007 (pode descarregá-lo aqui)


3. Baseado nas estatísticas apresentadas por 258 cidades dos 27 Estados Membros, en 2007 foi publicado em 8 de Maio um relatório sobre a situação das cidades na Europa: ler e descarregar aqui o relatório
Visite o sitio da próxima Conferencia a 10 de Junho

Boas leituras. Boas práticas. Bom fim de semana com biosegurança.


quinta-feira, 8 de maio de 2008

Apelos repetidos até à exaustão : Baleias e Ursos Polares Livres....de Extinção

Mails internacionais

O crime da caça às baleias continua, continua...

Join the "Minds in the Water" Visual Petition


1º Mail
For sure, we won't change the world.But we can't make it less cruel and over all less stupid.Please have a look at
Visual Petiton and sign and forward the attached visual petition.
Serge Viallelle


Se visualizarmos os cerca de 120 portugueses que já deram a cara por este projecto, praticamente são JOVENS. Portanto que se calem as mentes depressivas e derrotistas que veiculam perfis negativos dos jovens portugeses.

Interessante ver o mural das cerca de 4300 pessoas que aderiram.


Proteger os golfinhos e as baleias é sobretudo cuidar o seu habitat.
Um santuário marinho nos Açores com o Espaço Talassa

SOS já de 2007_Caso ainda não saiba, os ursos polares correm risco de extinção, por afogamento...


2º Mail
Dear Friend,
I've signed the We Campaign's petition to put polar bears on the federal Endangered Species list. Will you join me? Just
sign the petition to protect polar bears by May 15.
Laurene Laig

quarta-feira, 7 de maio de 2008

EARTHLINGS (Terráqueos)


Esta notícia para alguns não é nova, mas este filme tem de ser visto, debatido e mais divulgado.Há outro filme relacionado, A Carne é Fraca, que já divulguei no Dia Mundial do Veganismo, em 2007.

EARTHLINGS (Terráqueos) é um documentário sobre a absoluta dependência da humanidade sobre os animais (para companhia, comida, roupa, entretenimento, e pesquisa científica) mas também demonstra nosso completo desrespeito por estes chamados provedores não-humanos. O filme é narrado pelo actor Joaquin Phoenix e música do artista Moby (ambos vegetarianos).
O vídeo está legendado em Portugês e completo (95 minutos).
Em 2005 ganhou 3 prémios em 3 festivais diferentes Boston, San Diego e Artivist.


Aviso:
Este documentário mostra a realidade sem qualquer obscuridade. Não é aconselhável a pessoas sensíveis.Contudo considero muito importante o seu registo e respectiva postagem no meu blogue.

Ligações externas

Página Oficial do Documentário
Organização responsável por Earthlings

terça-feira, 6 de maio de 2008

Bibliografia usada nas minhas aulas



Bibliografia



 Considero que o professor deve fundamentar a sua pedagogia em consultas bibliográficas constantes, renovando e reavaliando sempre que possível os seus métodos e práticas pedagógicas. A pesquisa na internet é constante e é sempre muito grande e intensa. Não faria sentido registar todos os sites onde obtive documentos, imagens, gráficos, etc. Vou concentrar-me na pesquisa bibliográfica, CD-ROM e DVD que utilizei para a leccionação ao longo de mais de 18 anos lectivos. 


Obras Consultadas


Aires, L. (2009). Disciplina na sala de aula. Ed. Sílabo

Alberts, B., Johnson, A. et al. (2010). Biologia Molecular da Célula. Ed. Artmed

Almeida, A. e Vilela, M.ª. (1996). Didáctica das Ciências - Aceleração Cognitiva . Ed. Asa

Alves, R. (2002). A Alegria de Ensinar. Ed. Asa

Amorim, A. (2002). A Espécie das Origens. Ed. Gradiva            

Arosa F., Cardoso E. e Pacheco F. (2007). Fundamentos de Imunologia . Ed. Lidel

Azevedo, C. (1999). Biologia Celular. Ed.  Lidel

Birzea. C. (1982). A Pedagogia do Sucesso. Ed. Livros Horizonte

Bryson, B. (2008). Breve História de Quase Tudo. Ed Quetzal

Campos, B. (1989). Psicologia do Desenvolvimento e Educação de Jovens. Ed. Universidade Aberta

Coppens, Y. (1983). O Macaco, a África e o Homem. Ed. Ciência Aberta

Cooper, D. (1971). A Decadência da Família. Ed. Portugália

Damas,M. (2010). Os Portugueses são Analfabetos Sexuais e… Emocionais. Ed. Livros d´Hoje

Dawkins, R. (2003). O Gene Egoísta. Ed. Gradiva

Devall, B. e Sessions,G. (2004). Ecologia Profunda. Ed. Sempre-Em-Pé

Domingues. I. (1995). Controlo Disciplinar na Escola- Processos e Práticas. Ed. Texto Editora

Figueiredo, S. (2008). Os Dinossauros de Portugal. Ed. Cosmos

Freire, P. e Faundez, A. (1985). Por uma Pedagogia da Pergunta. Ed. Paz e Terra

Freire, P. (1993). Política e Educação: Ensaios. Ed. Cortez

Freire, P. (2003). Pedagogia da Autonomia. Ed. Paz e Terra

Garcia, R. (2004). Sobre a Terra. Ed. Público

Gould, Stephen Jay (2006). Darwin e os Grandes Enigmas da Vida. Ed. Martins Fontes

Guyton, A. (2007). Tratado de Fisiologia Médica. Ed. Guanabara Koogan

Junqueira, L. e Carneiro, J. (2004). Histologia Básica. Ed. Guanabara Koogan

Justino, D. (2010). Difícil é Educá-los. Ed. FFMS

Koolman, J. e Roehm, K. (2005).  Color Atlas of Biochemistry. Ed Thieme

Krupp, F. (208). Reinventar a Energia. Ed. Estrela Polar

Langaney, A. (1994). Os Homens- passado, presente, condicional. Ed Gradiva

Léveque, C. (2002). Ecologia- do Ecossistema à Biosfera. Ed. Instituto Piaget

LIPOR- Materiais sobre Agricultura Biológica e Luta Biológica

Margulis, L. e Sagan,D. (1990). As Origens do Sexo Ed. 70

Marçalo-Grilo, E. (2010). Se Não Estudas, Estás Tramado. Ed. Tinta da China

Machado, S. e Machado, R. (2005). Imunologia Básica e Aplicada às Análises Clínicas. Ed. Universidade Federal do Rio de Janeiro

Monbiot, G. (2007). Calor- Como Impedir o Planeta de Arder. Ed Via  Óptima

Monteiro, M. (2007). Área de Projecto 12º Ano: Dossier do Professor. Porto Editora

Murray, P; Rosenthal, K. e Pfaüer, M. (2005). Microbiología médica. Ed. Elsevier

OCDE (1991). A Ecologia e a Escola. Ed. Asa

Parker, S. (2007) Anatomia e Fisiologia do Corpo Humano. Ed. Civilização

Pelt. J-M. e Cuny, J-P. (1998). A Aventura Prodigiosa das Plantas. Ed. Gradiva

Pereira, L. e Ribeiro, F. (2009). O Património Genético Português. Ed. Gradiva

Peres, E. (1996). Emagrecer. Ed. Caminho 

Perrenoud, P. (2002). Aprender a negociar a mudança na educação. Edições Asa 

Ribeiro, A. (1990). Planificação e Avaliação do Ensino-Aprendizagem. Ed. Universidade Aberta

Ruffié, J. (1982). Tratado do Ser Vivo vol I e II. Ed. Fragmentos

Salgueiro, J. (2004). Ervas, Usos e Costumes. Ed. Colibri

Santos, B. e Tomé, A. (2003). Consumactor- O Consumidor Contra a Má Globalização. Ed. Temas e Horizontes

Shubin, N. (2008). Quando Éramos Peixes. Ed. Estrela Polar

Silva, M. (2005). Alimentos Transgénicos - Um guia para consumidores cautelosos. Ed. Universidade Católica

Smith, J.M. e Szathmáry, E. (2007). As Origens da Vida. Ed. Gradiva

Trindade, R. (2002). Experiências Educativas e Situações de Aprendizagem- Novas Práticas Pedagógicas. Ed. Asa

UNESCO (1996)

Vieira, P. A. (2003). Estrago da Nação. Ed. Dom Quixote

Wolpert, L. e Richards, A. (1992). Uma Paixão pela Ciência. Ed. Salamandra

Weismar, A. (2007). O Mundo Sem Nós. Ed. Estrela Polar

Zabalza, M. (1992). Planificação e desenvolvimento curricular na escola. Ed. Asa


Outras publicações

Programas e Manuais Escolares

Relatórios produzidos por várias instituições governamentais e universitárias (APAMB; ONU, Comissão Europeia; IPCC - Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas, etc)

Revistas :  Forum Ambiente; Geo; Science et Vie;  National Geographic; Adolescentes; O Verde; Ar Livre; Pardela; Noesis; Revista Ciência e Educação; Scientific American

Cadernos Pedagógicos do Jornal Público e da DREN/Ministério da Educação

Jornais diários: Público; Jornal de Notícias

Catálogos de Exposições:
Inside- Arte e Ciência
O Corpo Humano Como Nunca o Viu
A Evolução de Darwin

CD-ROM e DVD

11ª Hora
Viagem à Volta do Mundo – Ed. Comércio Justo
Anatomia e Fisiologia do Corpo Humano
Série BBC do Corpo Humano
Genomania
A Terapia Génica
Uma Verdade Inconveniente
Laboratório Virtual 
Factus Multimedia
BBC Vida Selvagem

Actualizado em 10 de Julho de 2010

segunda-feira, 5 de maio de 2008

domingo, 4 de maio de 2008

Symphony of Science - 'Our Place in the Cosmos' (ft. Sagan, Dawkins, Kaku, Jastrow)


[Narrator]
With every century
Our eyes on the universe have been opened anew
We are witness
To the very brink of time and space

[Robert Jastrow]
We must ask ourselves
We who are so proud of our accomplishments
What is our place in the cosmic perspective of life?

[Carl Sagan]
The exploration of the cosmos
Is a voyage of self discovery
As long as there have been humans
We have searched for our place in the cosmos

[Richard Dawkins]
Are there things about the universe
That will be forever beyond our grasp?
Are there things about the universe that are
Ungraspable?

[Sagan]
One of the great revelations of space exploration
Is the image of the earth, finite and lonely
Bearing the entire human species
Through the oceans of space and time

[Dawkins]
Matter flows from place to place
And momentarily comes together to be you
Some people find that thought disturbing
I find the reality thrilling

[Sagan]
As the ancient mythmakers knew
We're children equally of the earth and the sky
In our tenure on this planet, we've accumulated
Dangerous evolutionary baggage

We've also acquired compassion for others,
Love for our children,
And a great soaring passionate intelligence
The clear tools for our continued survival

[Michio Kaku]
We could be in the middle
Of an inter-galactic conversation
And we wouldn't even know

[Sagan]
We've begun at last
To wonder about our origins
Star stuff contemplating the stars
Tracing that long path

Our obligation to survive and flourish
Is owed not just to ourselves
But also to that cosmos
Ancient and vast, from which we spring

sábado, 3 de maio de 2008

Abundância/Abundance, com Ernest Gotsch

Abundância/Abundance from Job Leijh on Vimeo.

Documentário filmado no Workshop de Agrofloresta com Ernest Gotsch, organizado pela Cooperativa Sitio, em Mangualde, Portugal, sobre a agrofloresta (ou floresta de alimentos) é um método de produção que propõe, não a criação de um novo ambiente produtivo, mas que o homem, e a produção agrícola da qual tira proveito, integrem um ambiente florestal. O método é, na sua essência, uma tentativa de imitar a natureza. Na natureza a maioria das plantas vive em associação com outras espécies, das quais necessita para um crescimento pleno. Nos anos 70, Ernest Gotsch (página oficial) , trabalhou no melhoramento genético de espécies vegetais. Esta pesquisa permitiu-lhe concluir que, em vez de adaptar as plantas cultivadas, podia obter melhores resultados se criasse agroecossistemas em que as plantas, num sistema de cooperação, se desenvolviam vigorosamente sem inputs químicos. Implantou inúmeros sistemas complexos e altamente produtivos que dispensavam todo o tipo de adubos e agrotóxicos. Desde 1993, depois de alcançar resultados extraordinários, tem-se dedicado ao ensino e transmissão dos seus métodos em todo o mundo. Hoje, Ernst presta assessoria a organizações não governamentais, universidades e órgãos de assistência técnica rural em quase todas as regiões do Brasil assim como a organizações da Europa e da América Latina.

Biografia
Wikipedia

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Supreme Master Television , EcoMall e Art not Oil

Supreme Master Televison é mais do que uma estação TV global. Confiram a excelente qualidade de vídeos e programas já emitidos e consultem a vasta rede de recursos.

Um gigante portal eco-amigo, fundado em 1994. Clique na imagem e verifique 14 anos a servir bem o planeta.

O nome diz tudo. Art Not Oil is a rolling exhibition aimed at encouraging artists to create work that explores the damage that companies like BP and Shell are doing to the planet, and the role art can play in counteracting that damage.

quinta-feira, 1 de maio de 2008